• Sistemas de drenagem pluvial rodoviários, aeroviários e ferroviário (galerias simples e múltiplas, bueiros, etc.);

• Sistemas de drenagem pluvial urbano; • Canalização de córregos;

• Sistemas de drenagem pluvial, industrial e comercial;

• Sistemas de ventilação / exaustão;

• Formas de pilares, e demais estruturas;

• Forma “perdida”, de elevados e pontes;

• Canais de adução em Pequenas Centrais Hidrelétricas;

• Canais de irrigação;

• Duto de Chaminé de equilíbrio (revestidos com fibra de vidro);

• Passagens de pequenos animais sob rodovias;

• Vasos comunicantes entre lagos; • Formas para base de postes elétricos;

• Caixas de passagem;

• Utilização em redes sob áreas edificadas (vantagens: estanqueidade, baixa manutenção e durabilidade do PVC);

• Reservatórios de captação de águas de chuva;

• Sistemas de detenção pluvial;

• Recuperação de tubulações convencionais deterioradas (concreto ou metálica) de maneira não destrutiva, através de inserção dos tubos RIB LOC que vai atuar como um novo revestimento interno da rede (coeficiente de manning menor, portanto aumentando a capacidade de vazão).

 

 

Perfil Engenharia - Tecnologia em Tubulações Todos os direitos reservados